Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



Pagina Inicial » Recursos » O JEJUM E A ORAÇÃO


O JEJUM E A ORAÇÃO



O QUE É JEJUM?

Jejum é uma disciplina espiritual ensinada na Bíblia. Jesus esperava que Seus discípulos jejuassem e Ele disse que Deus recompensa àqueles que o fazem. Jejum, de acordo com a Bíblia, significa, voluntariamente, reduzir ou eliminar a ingestão de comida por um tempo e com propósito específico.

“Quando jejuarem, não mostrem uma aparência triste como os hipócritas, pois eles mudam a aparência do rosto a fim de que os outros vejam que eles estão jejuando. Eu lhes digo verdadeiramente que eles já receberam sua plena recompensa. Ao jejuar, arrume o cabelo e lave o rosto, para que não pareça aos outros que você está jejuando, mas apenas a seu Pai, que vê em secreto. E seu Pai, que vê em secreto, o recompensará”. Mateus 6.16-18

POR QUE JEJUAR?

Há muitas razões boas, e até mesmo benefícios para a saúde, em jejuar. Entretanto, o propósito de Jejuarmos, é realizado por três razões primárias:

1. Jejum dá a você mais tempo para a oração. Você pode ocupar o tempo que normalmente usaria para comer orando pelo que Deus quer fazer nas nossas vidas. É bom lembrar que na Bíblia, o jejum está sempre ligado à oração.

“Enquanto adoravam o Senhor e jejuavam, disse o Espírito Santo: “Separem-me Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado”. Assim, depois de jejuar e orar, impuseram-lhes as mãos e os enviaram a Chipre”. Atos 13.2-3

2. O jejum demonstra a profundidade do seu desejo quando está orando por alguma coisa. Mostra sua seriedade com relação ao seu pedido de oração, pagando um preço pessoal. Deus honra o desejo profundo e a oração em fé.

“Decretem um jejum santo; convoquem uma assembléia sagrada. Reúnam as autoridades e todos os habitantes do país no templo do Senhor, o seu Deus, e clamem ao Senhor...” Joel 1.14

“Agora, porém, declara o Senhor, “voltem-se para mim de todo o coração, com jejum, lamento e pranto”. Joel 2.12

3. Jejum libera o poder sobrenatural de Deus. É uma ferramenta que podemos usar quando há oposição à vontade de Deus. Satanás não quer nada mais do que causar divisão, desencorajar, derrotar, causar depressão e dúvidas entre nós. Oração em unidade e jejum sempre foram usados por Deus para expulsar definitivamente o inimigo!

“Por isso jejuamos e suplicamos essa bênção ao nosso Deus, e ele nos atendeu”. Esdras 8.23

“O jejum que desejo não é este: soltar as correntes da injustiça, desatar as cordas do jugo, pôr em liberdade os oprimidos e romper todo jugo?” Isaías 58.6

A IMPORTÂNCIA DO JEJUM

Muitas vezes na Bíblia o povo de Deus jejuou antes de uma vitória crucial, milagre ou resposta de oração. Esta atitude os preparava para a bênção!

* Moisés jejuou antes de receber os Dez Mandamentos.

Moisés ficou ali com o SENHOR quarenta dias e quarenta noites, sem comer pão e sem beber água. E escreveu nas tábuas as palavras da aliança: os Dez Mandamentos. Êxodo 34.28

* Os Israelitas jejuaram antes de uma vitória miraculosa.

“Então informaram a Josafá: “Um exército enorme vem contra ti de Edom, do outro lado do mar Morto. Já está em Hazazom-Tamar, isto é, En-Gedi”. Alarmado, Josafá decidiu consultar o SENHOR e proclamou um jejum em todo o reino de Judá”. 2 Crônicas 20.2-3

* Daniel jejuou para obter orientação de Deus.

“Por isso me voltei para o Senhor Deus com orações e súplicas, em jejum, em pano de saco e coberto de cinza”. Daniel 9.3

* O Jejum nos dá percepção e entendimento nas horas de grandes decisões.

“Enquanto eu ainda estava em oração, Gabriel, o homem que eu tinha visto na visão anterior, veio voando rapidamente para onde eu estava, à hora do sacrifício da tarde. Ele me instruiu e me disse: “Daniel, agora vim para dar-lhe percepção e entendimento”. Daniel 9.21-22

* Neemias jejuou antes de começar um grande projeto.

“Quando ouvi essas coisas, sentei-me e chorei. Passei dias lamentando-me, jejuando e orando ao Deus dos céus”. Neemias 1.4

* Jesus jejuou durante Sua vitória sobre a tentação.

“Onde, durante quarenta dias, foi tentado pelo Diabo. Não comeu nada durante esses dias e, ao fim deles, teve fome”. Lucas 4.2

* Os primeiros cristãos jejuaram durante os momentos em que tiveram que tomar decisões.

Enquanto adoravam o Senhor e jejuavam, disse o Espírito Santo: “Separem-me Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado”. Assim, depois de jejuar e orar, impuseram-lhes as mãos e os enviaram a Chipre”. Atos 13.2-3

DUAS PRECAUÇÕES SOBRE O JEJUM.

1. Lembre-se que jejum não é “ganhar” uma resposta à oração. Deus não pode ser “chantageado” pelo nosso esforço humano. Deus quer responder nossas orações e Ele as responde por causa da sua graça. O jejum, simplesmente, nos prepara para sua resposta.

2. Jejue somente se sua saúde permite neste momento. Se você pode fazer apenas um jejum parcial – faça-o em fé e Deus honrará sua intenções.


Que Deus nos abençoe!
Pr. Hamilton de Carvalho












Av. Riachuelo, 682, Maringá - Paraná - Brasil
contato@igrejabetesda.com.br
Fone: 44 3025-4885 :: (44) 9962-4885

OndeEstamos